Título Exposição à Radiação Eletromagnética de Antenas de Estação de Base de GSM e UMTS
Resumo Neste artigo discutem-se os processos existentes que possibilitam a determinação dos níveis de sinal nas bandas de GSM e UMTS para diferentes cenários, com vista à avaliação da conformidade das estações base relativamente aos limites de exposição à radiação. Estabelecem-se também algumas recomendações para a instalação de antenas de estação base que minimizem a exposição a radiações. Consideram-se aspetos básicos de GSM e UMTS, aspetos de implementação de estações base e aspetos de segurança e exposição a radiações eletromagnéticas. Abordam-se os modelos de propagação e esclarece-se qual a sua utilidade no âmbito da análise da segurança de uma estação de base. É exemplificada a sua utilização no desenvolvimento de uma ferramenta de software. Descreve-se a realização de uma campanha de medidas com o objetivo de recolher dados reais em estações base na região de Lisboa, e de tirar conclusões relativamente à aplicabilidade dos modelos de propagação. Os níveis de radiação registados em todas as estações base analisadas nunca excedem as referências estabelecidas pelos organismos internacionais. O pior caso encontrado na campanha de medidas está cerca de cinco vezes (em termos de campo elétrico) abaixo dos limites estabelecidos pelo CENELEC e adotados pelo Conselho da União Europeia. No entanto, em todos os outros casos medidos registaram-se valores pelo menos treze vezes abaixo dos limites. Os cenários em que se verifica a menor diferença em relação aos limites de segurança são exposição ao nível de terraços de edifícios com estações de base instaladas no topo e em interiores.
Fonte Actas das IX Jornadas da Sociedade Portuguesa de Protecção contra Radiações
Origem Portugal
Autor/Editor Carla Oliveira, Gonçalo Carpinteiro, Luis Correia
Disponibilidade Disponível online
Link Documento PDF
Referência
Data Novembro 2002
2020-02-10T10:38:20+00:00
Go to Top